4 comentários sobre “The Bling Ring”

Eu queria deveria ter escrito esse post há duas semanas atrás, quando vi o filme “The Bling Ring” no seu fim de semana de estreia aqui no Brasil. Mas como o tempo voa e a gente nem percebe, só agora sentei pra escrever.

Não faz mal, as impressões e comentários continuam os mesmos e fresquinhos na memória (com a ajuda de  pesquisas profundas Google)

Pra quem não sabe, o filme conta a história real de um grupo de adolescentes norte-americanos riquinhos que entre 2008 e 2009 se juntaram para roubar casas de celebridades como Paris Hilton, Lindsay Lohan e Orlando Bloom. A gangue Hollywoodiana que ficou conhecida como “The Bling Ring” conseguiu em pouco tempo, despertar muita atenção nos holofotes e dar um prejuízo maior que US$3 milhões entre roupas, jóias, bolsas e dinheiro.

Na época, o assunto foi destrinchado pela jornalista Nancy Jo Sales em um artigo para a Vanity Fair (“The Suspects Wore Louboutins”) e em 2012, inspirou Sofia Coppola para sua mais nova produção cinematográfica. Posso dizer?

Na minha humilde opinião, o filme decepcionou depois de tanta expectativa. Aqui vão minhas impressões gerais 🙂

1.)  Sinto que o filme podia ter explorado muito mais as questões e conflitos pessoais de cada personagem. Depois dos 90 minutos de filme, a sensação era de superficialidade. Tudo acontece muito facilmente e rapidamente, sabe? Se a ideia principal era representar o mundo superficial desses jovens, a obsessão e culto as celebridades abusivo poderia ser trabalhado em profundidade, por exemplo.

No geral, senti que o roteiro e produção não foram além. Tudo bem que há um cuidado maior quando o filme é baseado em uma história real, pública e recente, mas há uma licença poética esperada, quando uma adaptação desse tipo acontece. Afinal, ninguém quer ir ao cinema para rever exatamente as mesmas cenas e falas já vistas em artigos, noticiários e até realities sobre o tema, né? #prontofalei

2.) Além disso, a repetitividade (existe essa palavra?) das cenas é outro comentário negativo. O filme basicamente se divide em cenas de roubos, festas, compras e drogas. E só. Nada mais.

3.) Saindo da minha opinião e indo para curiosidades: na época dos assaltos, o grupo tentou entrar também na casa da Ashley Tisdale (que atuava em High School Musical) mas quase foram pegos e desistiram.  Já Paris Hilton não teve tanta sorte e sua casa foi roubada diversas vezes.

A resposta? Paris Hilton emprestou sua casa e pertences para as gravações do filme (além de fazer uma participação muito rápida em uma das cenas, sendo uma party girl, ela mesma)! hahaha

4.) Continuando a falar da realidade, encontrei a história  (no mínimo bizarra) de Alexis Neiers, a membro que no filme é interpretada por Emma Watson.

Ela não foi a líder da gangue, mas com certeza, foi quem conseguiu mais “minutos de fama”. Filha de uma ex-coelhinha da Playboy, ela cumpriu sua pena na prisão por longuíssimos 30 dias e hoje se diz modelo, atriz, professora de pilates e pole-dancing, além de estar casada e ser mãe (#chocada). O mais bizarro é que na mesma época em que o escândalo estourou, ela gravava um reality show  sobre sua vida pessoal para o canal E!  junto com sua irmã adotiva Tess Taylor.

Fotor0906181656

Dá pra você conferir alguns destaques do reality “Pretty Wild” aqui Aí você entende o quanto nada foi muito inventado no filme e que eles estavam falando sério com “baseado em fatos reais“…

Meu conselho final? Se a sua curiosidade é grande, assista (até porque, sua opinião pode ser bem diferente da minha)!  Em último caso, o figurino cheio de assinaturas da moda vai fazer você suspirar. 😉

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s